fbpx
São Paulo, Jundiai, Campinas e Sorocaba
(11) 3136-0723 / (19) 2660-0705 / (15) 3042-0000
contato@techhelp.com.br

BRASIL é o segundo pais que mais sofre ataque de ransomware

A conclusão é de um relatório da Trend Micro, que analisa o panorama mundial das ameaças cibernéticas

No contexto mundial de ameaças virtuais, o Brasil tem ficado em posições de destaque em diversas situações. Desta vez, o país está em segundo lugar no ranking de países mais afetados por ransomwares, com 10,64% das ameaças globais.

A conclusão é do relatório “Fast Facts”, da Trend Micro, que analisa o panorama mundial das ameaças cibernéticas. O Brasil vem logo atrás dos EUA, que têm 11,06%. Índia, Vietnã e Turquia vêm logo em seguida, com 10,30%, 8,12% e 3,78%, respectivamente.

De acordo com a Trend Micro, o total global de ransomwares é de 1,8 bilhões (e inclui ameaças vindas por e-mail, URLs e arquivos) no período de janeiro de 2016 a março de 2019. As melhores formas de prevenção são manter os sistemas de segurança atualizados, fazer o backup dos dados e utilizar soluções de proteção digital em camadas.

Outras ameaças

No ranking de ameaças por e-mail, o Brasil fica em terceiro lugar, atrás de China e EUA. Nesse tipo de golpe, a vítima é enganada por um e-mail falso — altamente personalizado para parecer o mais real possível.

Outro golpe que ainda afeta muitos usuários é o de URLs maliciosas. Segundo a Trend Micro, uma única URL maliciosa tem o potencial de atingir mais de 12 brasileiros. Os malwares também representam uma fatia importante: quase 1.600 deles já foram detectados pela empresa.

Nos celulares, o perigo são os apps maliciosos. Das mais de 1,2 milhões de opções avaliadas pela Trend Micro, mais de 13 mil se enquadram nessa categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Entre em contato pelo Whats